"O Capital" para crianças

"O Capital" Para Crianças
Ilustração: Liliana Fortuny
Adaptação do Texto: Joan R. Riera
Editora: Boitempo
Selo: Boitatá
São Paulo, 2018
Número de páginas: 32
Tradução: Thaisa Burani


Karl Marx para crianças
Por Felix Erber Schøllhammer



Você ja se perguntou como as pessoas ficam pobres? 
Eu já, mas Karl Mark tentou resolver essa pergunta.

Ele nasceu em Trier em 1818 e fez a faculdade em Berlim. Estudou Direito para ser advogado ou juiz mas se apegou à filosofia.

Ele sempre mesclou a filosofia com a prática, porque ele achava que não era só Deus que decidia o futuro e porque ele queria que o mundo mudasse. Em 1943 ele se casa mas não dura muito.

Nesse mesmo ano ele foi expulso da cidade onde morava e se mudou para Paris. Aí ele conhece o Engels que era rico, e viraram amigos. Engels ajuda o seu novo amigo financeiramente para ele continuar pesquisando e escrevendo.

Você vai ouvir as pessoas chamando ele só de Marx. Então a obra mais famosa de Marx se chama O Capital. É um livro grande, escrito para adultos, mas existe a versão para crianças. Esta é um livro pequeno com desenhos. Fala sobre o capitalismo e a luta das classes de um jeito resumido. Nesse livro o Marx é um avô de vários meninos e conta pra eles a história de um trabalhador chamado Frederico que percebe que estava sendo explorado no seu trabalho duro na fábrica de meias. Ele trabalhava 12 horas por dia, 6 dias por semana, eles não tinham sábado de folga.

O Frederico queria saber por que o preço das meias na loja era muito maior do que o que ele ganhava para fazer cada par de meias. Depois Frederico se junta com Rosa para fazer os cálculos e ele descobre que juntando o preço do carvão, o preço da lã, e o dinheiro que o dono da loja ganha e também o seu salário, isso tudo dava um valor que era muito alto comparado ao salário.

Depois Frederico faz uma greve contra a fábrica, os trabalhadores param de trabalhar e ele manda uma carta pro dono da fábrica. O dono aceita a proposta e os salários ficam mais altos e em vez de doze eles passam a trabalhar oito horas por dia. 

O livro explica pra gente a exploração e o capitalismo e como várias pessoas são mais fortes juntas do que separadas. 



FELIX ERBER SCHØLLHAMMER tem dez anos e onze meses. Gosta de ciências, piadas, jogar badminton e games, também gosta de andar de bicicleta e de panquecas.


TORVELIM | Todos os direitos reservados © 2019 | contato@torvelim.com.br